Quem sou eu?

Minha foto
Descubra-me depois que adentrar na minha poética.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

AS ALGEMAS

A Marlon Carneiro, em um momento de dor e afastamento.


O abraço não dado...
O toque não sentido...
A carícia não feita...
Algemou-se atrás de ti.
Algemou-se frente a mim.

Mas ficou no olhar
o abraço,
o toque,
a carícia, 
a saudade
e a certeza de que ainda estamos algemados.


Bia Crispim

2 comentários:

  1. Olá! ...muito bom...bonito...sensível...suave...
    parabéns!
    Pelo blog, também!
    Abraços e boa semana!


    felisjunior.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita e pelas palavras...

    ResponderExcluir