Quem sou eu?

Minha foto
Descubra-me depois que adentrar na minha poética.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O JOGO DO AMOR

- Você me ama?
- Amo, querida, menos na quarta à noite, na hora do jogo de futebol.
- Você me ama?
- Amo, sim, menos no fim da tarde quando vou jogar um dominó com os amigos, na calçada.
- Você me ama?
- Sim, amor, só se o jogo de sueca na casa da vizinha não rolar até às quatro da manhã.
- Você me ama?
- Amo, amor, menos quando passo a tarde de sábado, inteirinha, jogando buraco.
- Você me ama?
- Amo, se não tiver pelada no domingo.
- Você me ama?
- Amo. Principalmente se me liberarem do jogo de vídeo-game.
- Você me ama?
- Claro, amor, a menos que o filme seja tão ruim que eu não queira assisti-lo novamente.
- Você me ama?
- Sim, se você se transformar em uma bola, uma TV, um vídeo-game, uma peça de dominó... Ou tornar-se a Dama de Copas! Amarei, sim.


Bia Crispim

Nenhum comentário:

Postar um comentário