Quem sou eu?

Minha foto
Descubra-me depois que adentrar na minha poética.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

CALÍGENA

A Adriano Nunes e sua Gaya

Pousada sobre o mundo
Escuro, obscuro, escondia
Um buraco, um abismo
Quem sabe a morte

Feminino

Lado enigmático do Caos
Mulher, fêmea
Brumosa e solúvel
Mistério de noite
E dia sem sol

Tempos de dúvida

De desânimo e desamparo
Desejo de aconchego
E corpo quente
Perto
Dentro

Picos de vulcão encobertos

De névoa
De maciez
De beleza e enigma
Calígena

Bia Crispim

Um comentário: