Quem sou eu?

Minha foto
Descubra-me depois que adentrar na minha poética.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

A SEREIA E O LEÃO

A Junimar Medeiros

Sereia na areia,
Ilha de pedra,
Cantava melodia
Que ganhava o ar.

Voava voz suave,
Doce e harmoniosa
Pelo vento, soprando,
Sobre as águas do mar.

E rápido chegava
Ao céu, penhasco,
Hipnótico som
Leve, lento e louco.

Leão sobre a pedra,
Longe e solitário,
De rosnado forte,
Aterrador e rouco

Ouviu, encantou-se,
Dormiu e sonhou...
E num voo de mergulho
No mar repousou.

Leão e Sereia
Amaram-se,
Rolaram,
Odularam...

Provocaram fúria
E paixão.
E nas ondas revoltas
Brotava rosa, flor e botão.

Leão, rápido e bonito, 
Num lampejo
Rasante
Livre e infinito

Levava, em suas garras,
Apaixonada, 
Uma Sereia 
Que também sonhava.



Bia Crispim

Nenhum comentário:

Postar um comentário